PLPinto.M.seo

8 Maneiras Comprovadas de Melhorar Posicionamento no Google

Todo mundo está interessado em melhorar a sua visibilidade no Google. Muitos estão à procura de atalhos, mas a verdade é que o SEO é mais um jogo de longo prazo e qualquer pessoa que prometa resultados rápidos para ranquear no Google deve ser recebida com um elevado nível de cepticismo.

Este artigo vai ensinar-lhe alguns dos passos necessários para aumentar a sua visibilidade nas páginas de resultados do motor de busca Google (SERPs). Dito isto, sei que está igualmente interessado em saber outras coisas, por isso vamos lá:

Melhorar Posicionamento no Google

Quanto tempo é preciso para melhorar o posicionamento no Google?

É impossível dar-lhe uma resposta definitiva sobre quanto tempo leva o SEO a ter resultados nas pesquisas do Google: A resposta é depende.

Embora eu reconheça que isto é frustrante, é a verdade. O SEO não acontece de maneira linear. Cada situação oferece um conjunto único de variáveis que interagem umas com as outras.

Habilidade, orçamento, nível de competição, e como o seu website se posiciona contra a sua competição direta podem todos desempenhar um papel muito importante na rapidez com que se pode mover o mostrador e como pode ou não atingir a primeira página do Google para algumas keywords facilmente.

Assim, tendo isso em mente, vamos decompor num sentido mais quantificável e rever o que podemos fazer para que consigamos subir mais rapidamente no Google.

A Melhoria Contínua é Crítica

Quanto tempo é preciso para melhorar o posicionamento no Google?Durante uma sessão do Google Webmaster surgiu a questão de quanto tempo leva a ver melhorias na classificação do Google. John Mueller, um Analista de tendências de Webmaster no Google, sublinhou que leva algum tempo. Em suma, porque o algoritmo do motor de busca tem de efetuar uma reavaliação de todo o seu site após a implementação de alterações. Por isso devido ao número de fatores em jogo, não devem ser esperadas mudanças rápidas nos SERPs.

Mueller também confirmou que mesmo que faça alterações drásticas ao design e funcionalidade do seu sítio web, poderá ainda demorar alguns meses a ter impacto positivo relevante.

Ele também advertiu que não se deve apenas sentar e esperar por resultados depois de atualizar o seu sítio. É melhor continuar a trabalhar no seu sítio web, sendo a melhoria contínua o objetivo final.

Como provavelmente já ouviu dizer inúmeras vezes o conteúdo é Rei, e embora não seja o primeiro fator a contar para o posicionamento é importante continuar a atualizar o nosso site ou blog continuamente com conteúdo de qualidade.

A melhoria contínua é importante, uma vez que pode ter um impacto positivo na forma como o seu site num todo é rastreado e indexado. URLs de baixa qualidade são rastreados com menos frequência pelo Googlebot o que, teoricamente, poderá prolongar o tempo de reavaliação.

No entanto, não é uma boa ideia remover páginas pouco rastejadas ou com baixa classificação e sem trafego. Algumas dessas páginas podem estar classificadas por frases-chave valiosas e a sua remoção pode afetar negativamente a classificação e tráfego das outras páginas consideradas mais importantes pelo Google.

Esse risco é uma razão principal para o Google aconselhar uma melhoria consistente em vez de remover as páginas mais fracas. O que quer dizer que para além de escrever novos artigos de qualidade deve igualmente melhorar o conteúdo dos artigos mais fracos, aumentando o seu tamanho (número de palavras) e a sua qualidade.

Quanto Tempo Demora a Ser Classificado no Google

Quanto Tempo Demora a Ser Classificado no GoogleUm estudo de Ahrefs revelou alguma informação interessante, em termos de quanto tempo leva a ser classificado corretamente no Google.

Entre os principais resultados temos:

Em média, as páginas que estavam classificadas no top 10 tinham mais de 2 anos de idade. Além disso, a idade média das páginas que ocupavam o primeiro lugar era de quase 3 anos.

Entre as páginas que se classificaram entre as 10 primeiras, apenas 22% delas tinham menos de 1 ano.

De todas as páginas do estudo, apenas cerca de 6% das que apareceram nos 10 primeiros resultados dos motores de busca para pelo menos uma palavra-chave tinha pelo menos um ano. Mas dessas a maioria delas conseguiu chegar à 10ª posição do nada em cerca de 2 a 6 meses, o que animador.

Assim, com base neste estudo, cerca de 94 por cento das páginas do estudo nunca chegaram à primeira página do Google em menos de um ano. Mas embora seja difícil não é impossível e é para isso que nos cá estamos – para o ajudar a chegar à primeira página do Google. Clique no link ao fundo e veja os nossos serviços.

Como se pode ver, para chegar ao top 10 em menos de 1 ano, é necessário muito trabalho árduo, habilidade e por vezes sorte. E isto leva-nos de volta ao tópico da discussão de hoje sobre como melhorar a sua classificação no Google.

Assim, se quiser impulsionar as vendas e conversões levando o seu website à primeira página do Google, aqui estão 8 passos que deve dar.

1. Comece com uma estrutura solida e correta

Uma má estrutura do website e a arquitetura da informação, assim como os menus e restantes links internos que permitem a navegação pelo site podem condenar até as melhores campanhas de SEO.

Se o seu website for difícil de navegar para os utilizadores e o Google rastejar, é provável que as suas classificações sejam prejudicadas por esse fato. Pense na "usabilidade dos usuários em primeiro lugar" numa plataforma móvel. Esse é o caminho para o sucesso.

2. Eliminar Conteúdo Duplicado

As questões de conteúdo duplicado estão frequentemente relacionadas com questões técnicas. As mais comuns são as múltiplas versões da mesma página que podem ser indexadas.

Por exemplo, http://www.yousite.com, https://www.yousite.com, http://yousite.com, e https://yousite.com seriam consideradas pelo Google como quatro páginas diferentes com conteúdo igual, o que é muito prejudicial.

Isto pode ser resolvido facilmente definindo as regras de redirecionamento adequadas no seu ficheiro .htaccess. Insira o seguinte código no fim do seu .htaccess.


RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTP_HOST} ^www.(.*) [NC]
RewriteRule ^(.*) http://%1/$1 [R=301,L]

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTPS} !on
RewriteRule (.*) https://%{HTTP_HOST}%{REQUEST_URI}


O primeiro código vai eliminar os www do seu URL e o segundo pedaço de código vai apresentar sempre o seu website como seguro, com https, mas evidentemente que para isso precisa de ter um certificado de segurança ativo e válido para o seu site ou blog no seu servidor, uma coisa que hoje em dia todos os alojadores de domínios oferecem gratuitamente.

Outra coisa que precisa fazer para evitar a indexação de páginas duplicadas devido a sítios que criam link para seu site com parâmetros de seguimento é acrescentar o URL certo (aquele que você quer que seja indexado) no header de cada página. Eis aqui um exemplo do nosso website em forma de foto pois não é possível de publica-lo diretamente.

rel canonical

Como é evidente tem que mudar o URL pelo seu, completo - cada página tem o seu URL único.

3. Otimizar para celular

Com o Google a lançar o índice mobile-first, o seu website precisa de passar o teste Mobile-Friendly, o que quer dizer que se o seu site não estiver preparado para funcionar perfeitamente em qualquer tipo de tela, desde um computador de secretaria a um celular, os seus rankings vão ser fortemente penalizados.

4. Otimizar as tarefas dos utilizadores

Pense no que os utilizadores querem fazer no seu site, assim que aterrarem no mesmo. Eles precisam de ser capazes de executar essas tarefas básicas sem problemas e sem dificuldades, mesmo enquanto multitarefas, pelo que o seu site deve ter meios de navegação simples e eficientes para os seus leitores poderem navegar e encontrar aquilo que potencialmente procuram na pesquisa que fazem no Google.

Quais são os primeiros três a cinco objetivos dos visitantes quando visitam o seu site ou blog? Deve-se assegurar que podem ser realizados tanto num computador como num celular sem esforço.

5. Otimize o desempenho

Os seus visitantes têm de percorrer diversos links para aceder aos serviços ou produtos que oferece? As imagens ficam desorganizadas ao carregar o seu website num celular ou não são responsivas e não se adaptam ao tamanho do ecrã?

O tempo de carregamento é também é um fator importante nos dispositivos móveis, particularmente porque a maioria das ligações em celulares tendem a ser mais lentas do que as dos computadores.

Tanto para o celular como para o computador, é necessário monitorizar continuamente a velocidade e a navegação e continuar a melhorá-la. O ideal é que nenhuma pagina deve estar mais de três ou quatro cliques da página principal.

6. Otimize o tamanho das suas imagens

Otimize o tamanho das suas imagensUse o seu programa de edição de imagem preferido para reduzir as imagens grandes para o tamanho máximo que elas vão ter na sua página. Ou seja, se a sua imagem num computador vai ter um tamanho de apenas 500” mas ela tem 700” deve ser reduzida para o tamanho exato.

Antes de carregar, pode otimizar ainda mais a sua imagem utilizando uma ferramenta de compressão e optimização de imagem de modo a que ela tenha uma qualidade mais baixa e, por conseguinte, um tamanho mais baixo. As imagens num ecrã não precisam de ter uma qualidade elevada a menos que tenham por objetivo serem imprimidas.

Finalmente, confirme sempre que as dimensões da imagem cabem no espaço reservado à imagem para manter um aspecto limpo e estruturado na sua página web ao vivo. Para isso convém usar sempre imagens responsivas em percentagem, que se adaptam ao tamanho do espaço e do ecrã se ele for mais pequeno que elas. Pode usar o Paint.net ( https://www.getpaint.net/ ) que é gratuito.

7. Trabalhe corretamente os Links

Tanto nas ligações internas como externas os links continuam a ter uma enorme influência na forma como o seu sítio Web está classificado. Continua a ser o fator principal para melhorar o posicionamento no Google.

Deve consertar os links quebrados. Muitos proprietários de websites têm o hábito de ignorar as ligações quebradas no seu site ou blog e isso pode criar uma experiência de utilizador muito ruim, principalmente quando são links internos.

Não apenas o leitor fica frustrado quando clica num link e vai ter a uma página 404 em branco como os links internos, que poderiam ajudar a ranquear melhor a página para onde supostamente deviam linkar, em vez de ajudarem vão prejudicar o ranqueamento de todo o site.

Nos links internos deve usar o texto exato que quer ranquear no Google dentro do link, desde que condiga com o conteúdo da página. Mas nos links externos (os que apontam dos outros sites para o seu) o abuso de texto de âncora de correspondência exata pode ser venenoso, pois quando utilizado frequentemente indica ao Google que o link é fabricado, pois dificilmente todas as pessoas vão linkar para o seu site com as mesmas palavras. Muitas vezes usam termos genéricos como “clique aqui”, “esta página”, este website” e etc.

8. Use títulos e meta descrições bem elaboradas

É importante que expliquem corretamente o conteúdo da página, pois o título é a principal orientação que o Google tem do conteúdo da sua página. Mas deve descreve-lo corretamente pois o Google é muito exigente neste assunto e não gosta de títulos chamativos que depois não correspondem ao conteúdo que o leitor vai encontrar.

As descrições não influenciam no posicionamento do Google porque normalmente ele até as ignora e apresenta outra, mas para as vezes que ele a exibir, a descrição deve incentivar o leitor a clicar no link da página de pesquisa do Google.

Conclusão

Como o Google continua a fechar a porta a técnicas e esquemas de spam, qualquer pessoa séria sobre marketing digital precisa de ter uma visão correta e de longo prazo.

As estratégias mencionadas acima não são sensuais nem novas. Requerem, no entanto, trabalho e um investimento contínuo de tempo para não apenas ajudar o site a subir nos motores de busca como a mantê-lo bem ranqueado.

Não se esqueça que estamos aqui para ajudá-lo. Veja como podemos faze-lo.

x


go


Artigos Relacionados:
go