PLPinto.M.SEO

Como Ranquear Alto no Google com Links

O Google considera diversos fatores para classificar um website, mas nenhum é mais importante do que os links. Quando muitos sítios web ligam a uma página, é mais provável que essa página seja bem classificada nos motores de busca. A popularidade das hiperligações é importante. Muito importante.

Basicamente existem três coisas essenciais para conseguir fazer subir a nossa página até à aos primeiros lugares do Google, pois sem um destas três coisas nunca o conseguiremos:

  • Qualidade do conteúdo publicado.
  • Links externos a apontar para a nossa página.
  • Ser escrito sobre uma palavra chave que tenha pesquisas.

Como é que os links funcionam no Google?

Como é que os links funcionam no Google?A utilização de links para medir a relevância foi a grande inovação do Google. Foi assim que esmagou Alta Vista, Lycos, Bing e todos os outros motores de busca. Esses motores de busca eram mais fáceis de manipular porque trabalhavam baseados em palavras-chave. Os SEOs apenas amontoavam num punhado de palavras-chave em suas páginas e elas atingiam posições de ranking elevadas facilmente, baseadas nessas palavras-chave.

Eventualmente, as pessoas notaram que os seus resultados de pesquisa não eram tão relevantes como eram os do Google e este tornou-se cada vez mais popular.

O Google começou a usar a popularidade dos links como fator de classificação, e as classificações tornaram-se mais difíceis de manipular no princípio. Os resultados da pesquisa tornaram-se mais relevantes e as pessoas começaram a preferir cada vez mais este motor de busca.

Atualmente, o Google lida com dois terços de todo o tráfego de pesquisa no mundo e mais de 90% no mundo ocidental. Esta predominância vem da relevância e a relevância vem dos links. No entanto como era de esperar os especialistas de SEO depressa descobriram a importância que os links tinham para ranquear alto no Google e começam também a manipular os resultados utilizando inúmeras técnicas para criar links artificialmente.

Hoje em dia, depois do Google ter lançado um update chamado de Pinguim, conseguir manipular os links não só ficou mais difícil como pode mesmo levar a uma penalização, pelo que é preciso cuidado quando se utilizam links para ranquear alto no Google de maneira não ética.

Links representam credibilidade.

. Links representam credibilidade

  • Quando outro sítio web cria um link para uma das suas páginas, é um voto de confiança no seu conteúdo. É uma indicação de relevância, e o Google nota.
  • Quando muitos sítios criam link para uma das suas páginas web, ainda melhor. A popularidade das ligações funciona como qualquer concurso de popularidade. Quanto mais votos melhor.
  • Os melhores links são de sites que têm eles próprios uma grande quantidade de links e escrevem sobre o mesmo assunto e na mesma linguagem da sua página. Estes links valem mais. Tal como um concurso de popularidade, um voto de alguém popular vale mais do que uma dúzia de votos de desconhecidos.
  • Se uma página linkar para vários sítios, o valor dessas ligações é dividido. Portanto, um link para si a partir de uma página que também está a linkar para várias outras páginas, como por exemplo uma lista, não é tão valioso. Mais uma vez, num concurso de popularidade, se a pessoa que vota em si está a votar em diversas outras pessoas ao mesmo tempo, não é tão bom.

    No entanto quando se utilizam guest posts é essencial que o artigo não link apenas para si, de modo a não deixar obvio que esse é o seu objetivo. Vale mais dividir os links com mais 1 ou 2 páginas que ser penalizado.

No entanto uma centena de links não vai ajudar muito, a menos que a sua página seja relevante para um tópico específico, um tópico que as pessoas estejam realmente a pesquisar.

É por isso que a pesquisa de palavras-chave é tão importante em SEO. O objetivo é alinhar a página com uma frase relevante, que tenha procura (pesquisas no Google).

Uma página web não se vai classificar sozinha! O tráfego nos motores de busca não acontece por si só. É o resultado de um conjunto de passos deliberados que levam a que uma pessoa que procura uma informação, produto ou serviço, e pesquisa com uma determinada frase, chegue ao seu website ou blog e não a outro da concorrência. Não é tão complicado ou misterioso como se poderia pensar.

Há três ingredientes-chave por detrás de cada listagem em cada página de resultados de pesquisa:

A palavra-chave (pesquisa por frase-chave).

O conteúdo na página (SEO na página).

A fiabilidade do sítio web (autoridade do domínio).

Para ser classificada, uma página deve indicar a sua relevância para os motores de busca, e o próprio website deve ser credível aos olhos dos motores de busca. Deve também concentrar-se numa frase (um assunto especifico).

Se fizer tudo o resto bem, mas fizer isto mal, nunca conseguirá atingir a primeira página do Google.

Tudo começa com a palavra-chave.

Como pesquisar por palavras-chave

As palavras-chave começam com uma simples pesquisa, o que é divertido. A pesquisa por palavra-chave é como ler a mente de milhões de pessoas. É verdadeiramente espantoso as coisas que se podem aprender.

Os termos que as pessoas realmente usam quando pesquisam pelo seu produto ou serviço? Assim, deve evitar o uso de jargão e começar a usar frases que realmente as pessoas pesquisem.

Que produtos e serviços relacionados com o seu é que as pessoas procuram? Para que possa considerar expandir as suas ofertas, ou pelo menos o seu conteúdo informativo, deve incluir também esses outros termos pesquisados.

Como pesquisar por palavras-chaveComo criador de conteúdos, as duas principais utilizações na pesquisa de palavras-chave são encontrar frases que sejam ativamente pesquisadas pelas pessoas, para incluir no seu conteúdo, e obter ideias para novos conteúdos. Agora pode criar conteúdos mais amigáveis para os motores de busca e também mais relevantes para o seu público.

  • Escolha uma palavra-chave que as pessoas estejam realmente à procura (que tenha muitas pesquisas) e que seja relevante para o seu tópico.
  • É pouco provável que se classifique se não visar deliberadamente uma frase (um determinado tópico que tenha procura real). SEO não acontece por acidente!
  • Também pode prejudicar a sua classificação se usar em demasia a palavra-chave na página. O uso em demasia da palavra-chave é spam. Indique a relevância, mas não se esforce demasiado a encher a sua página com o mesmo termo. Em vez disso utilize sinónimos que sejam igualmente relevantes.
  • Os links de sites relacionados, com conteúdo idêntico ao seu são os melhores. Um link de um site completamente irrelevante não é valioso, uma vez que esse site não tem credibilidade sobre o seu tópico. E até pode ser considerado suspeito o porque de ele linkar para si.

A melhor maneira de ver se uma palavra-chave que tem em mente tem pesquisas ou não é pesquisar por ela no Google e ver o número de sites que aparecem com ela ou com variantes idênticas, e as próprias sugestões que o Google oferece quando começamos a escrever.

Verifique a Competição. Os sites de alto nível (sites de grandes grupos cooperativos) têm um grande foco nessa palavra-chave? Então escolha outra palavra-chave mais comprida. Se a popularidade da sua palavra-chave for baixa, comece com um nicho pequeno e vise palavras-chave mais longas e mais específicas.

É melhor classificar-se nas primeiras posições do Google por uma frase menos popular do que classificar-se na posição 60 por uma palavra-chave potencialmente muito rentável, mas igualmente muito competitiva.

O texto dentro desses Links

O texto do link (ou texto de âncora) é a palavra ou palavras que compõem a ligação. O texto link para esta ligação é "clique neste link". Faz sentido?

Muitas vezes, o texto do link é simplesmente "clique aqui" ou "www.example.com". Mas quando o texto do link inclui uma palavra-chave, pode ser outra indicação de relevância. Se os links para uma página dizem "como subir no Google", então é provável que o Google acredite que é disto que se trata a página.

É bom ter links que incluam a palavra-chave de destino. Mas quando demasiados links para uma página incluem a palavra-chave alvo, esta pode parecer spam, e o Google pode penalizá-lo por sobre otimização, pois este tipo de links normalmente são ou parecem ser comprados. Não se esforce demasiado para obter links com a sua palavra-chave exata como texto de link. Não tem um aspeto natural. Manter o equilíbrio é bom.

Medindo o valor de um link.

Como já referi anteriormente o mais importante de um backlink é a sua relevância. A logica diz que esse link deve vir de uma página que escreve sobre o mesmo tema que a página que vai apontar, porque não tem logica um site criar links para páginas que não são sobre o mesmo assunto dele.

A segunda parte tem a ver com o valor do próprio site que tem o link. Um site de grande valor tem um “peso” muito superior que um site fraco. Mas, como é muito difícil conseguir links de sites de grande valor, principalmente se o seu website ou blog é novo e pouco conhecido, é preferível (e menos suspeito) conseguir links de sites relevantes, mesmo mais fracos, que de grandes sites que por norma não são relevantes para nosso conteúdo ou são escritos em outra língua.

Como obter links

O Google tem um exército de doutorados em matemática a trabalhar arduamente para combater qualquer tentativa que tente manipular artificialmente as classificações. Qualquer tentativa de criar links de spam para uma página pode ser desvalorizado ou mesmo penalizado.

Aqui estão algumas formas de "proteger o futuro" da sua construção de links e SEO. O Google muda a sua fórmula secreta centenas de vezes por ano, mas se se focar nas abordagens naturais de construção de links isso não o incomodará nem um pouco. Ficará seguro e feliz se se concentrar em fazer as coisas como deve ser.

Repare como cada uma destas tácitas tem benefícios para além dos simples links.

1. Conteúdo de qualidade

Os links acontecem naturalmente, mas apenas quando vale a pena criar um link para a página. O Google tem-nos dito a todos, repetidamente, que a chave para a classificação (e links) é um conteúdo de grande valor. Basta fazer a melhor página na Internet para o tópico e o Google tratará do resto.

Pode ser uma página web ou um post em um blog, mas que seja realmente bom, uma ferramenta online, ou mesmo uma lista útil para os utilizadores. Se for bom, os links virão. O conteúdo de qualidade é eficaz para levar os visitantes a agir. É bom para obter visitantes, não apenas para links.

Mas a verdade NÃO É BEM ASSIM! Se você tem um site novo e fraco, que não aprece nas primeiras páginas do Google, não adianta de nada criar um conteúdo de grande qualidade por que NINGUEM VAI VE-LO, e se não o vê não vai linkar para ele.

Primeiro vai precisar de criar alguns links para fazer subir essa página no ranking do Google para depois conseguir obter mais links naturalmente baseados na qualidade do conteúdo. E é nesse primeiro impulso que nós podemos ajuda-lo.

2. Blogging de convidados

Blogging de convidadosUma das poucas formas éticas e fiáveis de obter links é escrever para outros sítios web. Geralmente obterá um link na "biografia do autor" ou mesmo no meio do conteúdo, que é o melhor, e poderá encontrar mais oportunidades de ligação a páginas no seu sítio.

Os artigos de visitantes exigem muito trabalho. Escrever algo suficientemente bom para ser aceite por um bom blog leva tempo, dá bastante trabalho e mesmo assim não é garantido que seja aceite. E para criar um artigo de convidado é preciso alguma habilidade.

Para além dos links: Os artigos de visitantes têm frequentemente benefícios nas redes sociais e podem trazer visitantes interessados no nosso conteúdo. É bom para o trabalho em rede, não apenas para links.

Para sua sorte, se não quer ter todo este trabalho, esta é a nossa especialidade. Saiba mais no link ao fundo.


3. Comunicados de imprensa

Não me refiro a quaisquer comunicados de imprensa online, que não conduzem a ligações de qualidade (achou que o Google podia ser enganado tão facilmente?). Estou a falar de menções reais nos meios de comunicação social. As menções na imprensa nem sempre conduzem a links, embora as empresas de relações públicas experientes conheçam o valor e solicitem um link.

Para além das ligações: os comunicados de imprensa de qualidade têm óbvios benefícios de sensibilização do público. É bom para a sua marca, não apenas para links.

4. Mantenha os olhos abertos para oportunidades legítimas

Se faz parte de uma associação ou assembleia, solicite um link no site oficial deles com o seu nome. Encontre websites que já mencionaram o seu negócio, mas que ainda não estabeleceram um link. Solicite com jeitinho a hiperligação. Existem muitas outras formas de obter links legítimos que abordamos no nosso website. Basta estar atento, engenhoso, e educado.

Outros tipos de web marketing, tais como meios de comunicação social e boletins informativos por correio eletrónico, podem levar indiretamente a links. Estas fontes de tráfego melhoram a visibilidade do seu conteúdo, e alguns dos leitores que visitarem o seu site podem escrever algo e estabelecer links para si, desde que o seu conteúdo seja de qualidade suficiente para os conseguir captar.

A atividade social, tais como comentários, partilha e gostos, podem contribuir diretamente para rankings mais elevados, uma vez que o Google pode vê-los como prova de conteúdo de qualidade, embora ele negue que os sinais das redes sociais sejam um elemento do seu sistema de classificação.

Conclusão

Se chegou até aqui, sabe agora porque é que os links são importantes para o Google e como podem funcionar para si. Se for como eu, nunca mais verá a Internet da mesma forma!

A propósito, o Google quer realmente que você compreenda estas coisas. O próprio Matt Cutts do Google explica isto em vários vídeos, e o Blog do Google Webmaster está cheio deste tipo de conselhos de SEO.

Portanto, seja bom, escreva bem, e preste atenção aos seus links!


 
Artigos Relacionados:
 
go