PLPinto.M.SEO

Como Subir no Ranking Google – 3 passos simples

O SEO é lento. Pode levar anos para se conseguir construir a autoridade de um domínio e subir os rankings das páginas no Google. A otimização dos mecanismos de busca é a forma mais lenta de marketing que eu conheço. Realmente é. Mas há um atalho que reduz enormemente o tempo necessário.

Nada é mais frustrante do que ver seu site na decima página do Google, apesar de seus contínuos esforços para subir no ranking.

Eu sei disso porque já estive lá muitas vezes. Às vezes parece que não importa o que você faça, nada funciona. O Google parece odiar seu site, e você não tem ideia porquê.

Se isso lhe soa muito familiar, então você está no lugar certo, porque este post é um guia passo-a-passo para o ajudar a melhorar rapidamente sua classificação no Google. E mostra-lhe a melhor e mais rápida tática de SEO que eu conheço. Se você nunca o fez antes, pode haver aqui enormes oportunidades para melhorar seu ranking no Google, seguindo estes simples passos.

Passo 1: Encontrar palavras-chave de baixo desempenho.

A maioria dos SEOs apregoa achar suas melhores páginas, que ranqueiam na página dois do Google e depois tentar empurrá-las para a página um. Isso parece lógico, mas há duas razões pelas quais esta não funciona muito bem.

  • Nem sempre é fácil melhorar os rankings em mais de 10 pontos para conseguir ranquear uma página que esta na página dois do Google na primeira.
  • A simples classificação na página 1 do Google não deveria ser seu único objetivo se você quiser mais tráfego que lhe dê dinheiro a ganhar.

Encontrar palavras-chave de baixo desempenhoPense nisso assim: É mais fácil conseguir subir por dois pontos numa página que já esteja na primeira página do Google do que subir dez numa que está na segunda, porque pode ver que a taxa de cliques diminui exponencialmente à medida que você desce nas fileiras.

Isto significa que se você puder subir apenas uma posição, de #4 para #3, você verá um aumento de tráfego maior do que se você subir dez posições de #20 para #10.

Na realidade, isto difere em uma base de palavra-chave para palavra-chave, devido à concorrência, pois algumas palavras-chave já têm nas primeiras posições do Google páginas de sites de grande autoridade, que é quase impossível destronar.

Portanto, o que você precisa fazer é encontrar as palavras-chave para as quais você já está na primeira página do Google, e não tenha sites demasiados competitivos à frente, e concentrar-se quase exclusivamente nelas.

O objetivo é utilizar o Google Search e encontrar algumas poucas frases-chave para a qual você já está bem classificado, mas não tão alto como deseja. Se você puder encontrar estas frases, você pode encontrar a página correspondente. Se você encontrar a página que está melhor classificada para essa frase chave, você pode otimizá-la melhor para a frase e conseguir um salto na classificação.

Faz sentido? Aqui está o resumo novamente:

  • Encontre as frases para as quais você está quase no topo da classificação, mas ainda tem possibilidades de subir.
  • A seguir, melhore a página, indicando melhor a relevância da frase, construindo mais conteúdo de alto valor para essa palavra chave e alguns links.
  • Compre alguns Guest Posts (artigos de convidado) com essa palavra chave exata no meio do conteúdo. Utilize o nosso serviço no link ao fundo deste artigo.

É muito rápido. Não há necessidade de pesquisar por novas palavras-chave, pois a Analytics nos dará as frases para as quais já ranqueamos bem. Não há necessidade de verificar a concorrência, pois ela já está no ranking do Google. É só fazer uma pesquisa com essa frase exata.

É por isso que esta é a maneira mais rápida de aumentar o ranking do Google com o menor esforço possível.

Passo 2. Escolha algumas palavra-chave.

Faça uma lista das melhores palavras-chave que aparecem no Google Analytics. Cada palavra-chave que escolher é aquela para a qual você já está bem classificado, mas não na posição de topo. Isso significa que ainda há espaço para subir algumas posições.

Escolha algumas palavra-chaveO Google analytics e Search permite-nos analisar vários fatores importantes:

  • Todas as frases para as quais você classifica na pesquisa do Google.
  • O número de vezes que você apareceu no Google com essa frase (impressões)
  • O número de vezes que suas páginas foram visitadas a partir destas frases (cliques).
  • Quão alto você classifica para a frase (posição média). Também é possível ver no gráfico a posição exata que ela obteve em determinado dia.

O próximo passo é folhear esta lista por palavras-chave para as quais você quer melhorar a classificação.

Dito isto, não vale a pena perseguir as classificações por palavras-chave de baixo valor, ou aquelas que são suscetíveis de dar um trabalho demasiado difícil. Portanto, aqui estão algumas coisas a serem procuradas para identificar as melhores candidatas.

a) Palavras-chaves que já impulsionam o maior tráfego.

De modo geral, as palavras-chave mais próximas do topo na página do Google Analytics são as melhores, se seu objetivo for maximizar o tráfego orgânico.

b) Palavras-chave com alto volume de busca.

A melhoria da classificação em apenas uma posição pode quase dobrar o tráfego que você obtém com essa palavra-chave. Mas o dobro de nada ainda é nada. Portanto, certifique-se de que a palavra-chave tem volume de busca.

c) Palavras-chave que tenham possibilidade de subir posições no ranking do Google.

Isto quer dizer que se você já está na posição #4, mas os três primeiros lugares estão ocupados por sites que dificilmente consegue combater deve escolher outra. Se houver possibilidades de superar um ou dois dos sites que estão à sua frente, então é uma boa aposta.

d) Palavras-chave com valor monetário.

Há palavras que podemos subir facilmente, mas são apenas informativas, ou seja, quem pesquisa por elas dificilmente adquirirá algum produto ou serviço. Essas não valem o esforço de tentar melhorar a sua classificação no Google.

Quais palavras-chave escolher?

Você vai perceber rapidamente que este relatório mostra algumas frases estranhas. Coisas que parecem irrelevantes. Não se preocupe com elas. Todos os sites são classificados para frases não relacionadas diretamente com ele, ou pelo menos que não são relevantes. Simplesmente ignore-as e continue procurando.

Este relatório também pode mostrar frases que incluam sua marca. Passe também por cima delas. A otimização para mecanismos de busca é sobre classificar e obter tráfego de frases sem a sua marca, pois essas pessoas já o conhecem.

Como Subir no Ranking GoogleIdealmente, você encontrará algumas frases-chave relacionadas a compradores, palavras-chave com valor monetário. Lembre-se, há dois tipos de palavras-chave.

a) Perguntas, duvidas e informação.

Frases inseridas por pessoas que estão pesquisando um problema, sem ainda saber como querem resolvê-lo. Exemplo: "é possível aumentar o tamanho do pénis"?

Algumas podem ter valor monetário, mas são difíceis de converter.

b) Valor monetário.

Frases inseridas por pessoas que sabem como querem resolver seu problema e estão procurando uma suposta solução. Por norma elas estão prontas para gastar dinheiro. Exemplo: "qual o melhor método para aumentar o pénis"?. O dinheiro está nas frases relacionadas a pessoas com intenção de compra!

Encontrou algumas? Ótimo. São estas que deve incluir na sua lista.

Passo 3. Verifique como a frase é utilizada na página.

Agora temos que ver quão bem a página está otimizada para a frase. A frase aparece na página nos lugares certos? A página indica relevância para esta palavra-chave?

É possível que a frase apareça pouco na página e que a sua classificação tenha sido completamente acidental. Ou apareça algumas vezes, mas não nos sítios mais indicados.

Se assim for, agora você tem a oportunidade de indicar a relevância da página, acrescentar mais vezes a palavra-chave com conteúdo relevante, e melhorar a classificação com muito pouco esforço.

Conclusão.

Você pode deste modo melhorar significativamente todas as páginas relevantes do seu site. Basta encontrar as palavras-chaves corretas, acrescentar mais conteúdo que inclua essas palavras ou frases, criar mais alguns links internos de outras páginas do site que sejam idênticas e criar alguns guest posts para obter links externos, que são o principal “motor” para puxar a sua página para as primeiras posições na pesquisa do Google.

Os artigos de convidado que conseguir obter de sites e blogs externos, em artigos que sejam sobre o mesmo assunto da sua página e escritos na mesma língua, (não em blogs em inglês) são o atalho que reduz enormemente o tempo necessário para atingir as primeiras posições no Google que lhe falei logo no princípio deste artigo. Não se esqueça que estamos aqui para o ajudar nesta fase, pois somos especialistas nesta área.


 
Artigos Relacionados:
 
go